Samsung X Apple

Samsung X AppleQual é o tamanho ideal para um celular touch? A tela precisa ser grande o suficiente para oferecer boa resolução (importante para exibir vídeos, jogos e fotos), permitir que os comandos pelos dedos sejam acessíveis e garantir boa visibilidade tanto para quem navega na internet, como para quem se limita a ler e-mails. 

E é interessante como as duas grandes rivais no mercado de smartphones, Apple e Samsung, adotam conceitos diferentes para chegar ao tamanho ideal da tela.

 

Samsung

Telas com uma densidade de pixels cada vez maior parece ser esse o norte da Samsung, que vem constantemente dilatando seus aparelhos. O Galaxy SII conta com uma tela de 4,2 polegadas e quem já o segurou percebe que ele é realmente grande e pesado. Já o Nexus Prime, a ser produzido pela empresa sul-coreana, terá 4,6 polegadas. Além deles, também existe o Samsung Galaxy Note, um tipo de híbrido entre smartphone e tablete, com tela de 5,3 polegadas. Mas o principal concorrente, o iPhone, estacou em 3,5 polegadas. O que explicaria essa opção da Apple?

Apple

Além da portabilidade, há um conceito de design e ergonomia sensível envolvido. Se você pegar um Galaxy SII com a mão direita e tentar acessar a tela com o polegar, verá que não terá como tocar botões e recursos que estejam no lado esquerdo da tela. Há um arco limite de até onde você pode ir com seu dedo, usando apenas uma mão para operar o celular.

Agora observe o iPhone, com tela de 3.5: no mesmo exemplo, com apenas uma mão e um dedo, você consegue acessar cada canto da tela com facilidade. Isso faz do aparelho mais prático. E mostra que o valorizado design dos produtos da Apple não é apenas fruto da forma, mas também da usabilidade: não é algo apenas desenvolvido para ser bonito e ter organicidade, mas também com foco na praticidade.

É interessante observar que, dificilmente, uma mão espalmada vá superar 9 polegadas. Na média, portanto, um celular com mais de 4 polegadas tende a ser desconfortável de manusear com uma mão apenas. Para encaixar-se na média, a Apple vem limitando o tamanho do iPhone em 3,5 polegadas. O que, além de facilitar o uso, favorece a portabilidade – faz com que o iPhone entre em qualquer bolso – e contribui para diminuir o peso.

Isso não significa que um iPhone no futuro não possa crescer em tamanho, se o mercado e a exigência dos consumidores o empurrarem para isso. Mas o fato é que, para não depor contra o conceituado nível estético e ergonômico dos seus produtos, dificilmente a Apple vai quebrar a regra das 3,5 polegadas e o dedo que, soberano, controla toda a tela.

Diferenças

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: TechTudo