LibreOffice

LibreOfficeUma palestra sobre as origens e a atual situação do LibreOffice foi uma das principais atrações da manhã do primeiro dia do Latinoware 2011. O evento, que ocorre no Parque Tecnológico de Itaipu, localizado dentro da Itaipu Binacional na cidade de Foz do Iguaçu, Paraná, acontece entre os dias 19 e 21 de outubro, e contou com a presença dos membros da comunidade da principal solução livre de aplicativos de escritório do mercado.

 

Na ocasião, a membro brasileira da comunidade, Eliane Domingos, contou um pouco da história da suíte: o seu início como OpenOffice.org, a disputa judicial que levou à adoção do nome BrOffice no Brasil, a insatisfação com as empresas que criaram o projeto, e finalmente, o “fork”, ou separação de caminhos entre o OpenOffice.org e os seus contribuidores, o que levou àquilo que Eliane definiu como um grito de independência: a criação do LibreOffice e da The Document Foundation, que deu uma face jurídica aos membros do antigo projeto.

Apesar de traumático, Eliane classificou como positivo o “fork” de independência a partir do surgimento da The Document Foundation. Antes, “as opiniões da comunidade nem sempre eram levadas em consideração”, lembra. “Realizar alterações no código demandavam muita burocracia para que fossem autorizadas”. Hoje, diversos governos – entre eles o brasileiro – usam o padrão estabelecido pelo LibreOffice.