Microsoft está entre os 20 maiores desenvolvedores do Linux

Microsoft está entre os 20 maiores desenvolvedores do LinuxA Linux Foundation divulgou uma lista com os nomes de instituições e pessoas que mais contribuíram para o desenvolvimento do kernel do Linux ao longo dos anos. O surpreendente da listagem é o nome que desponta na 17ª posição: Microsoft.

A empresa, que por anos debateu-se para evitar que o sistema livre ganhasse mercado, acabou integrando o Linux na sua estratégia de negócios e se viu forçada a desenvolver ferramentas e recursos para o sistema. Lista divulgada revela que a Microsoft contribui para o avanço do Linux.

Ao lado de enormes data centers com Linux, estes mesmos clientes oferecem laptops para seus funcionários, que usam o Windows, por exemplo. É por conta dessa realidade de mercado que a Microsoft precisou aceitar o fato de que, nem sempre, seus sistemas são competitivos.

A Microsoft começou tarde a acertar os ponteiros com o Linux. Em 2009, foi liberado um driver que permitia que o Windows carregasse qualquer distribuição do sistema operacional livre em softwares de virtualização. Daí em diante, novos drivers e otimizações permitiram que as duas plataformas conversassem. É uma mudança interessante de uma companhia presidida por Steve Ballmer que, em 2001, disse que o Linux era “um câncer”.

Fonte: TechTudo