Aliados brasileiros do Anonymous invadem sites da inteligência norte-americana

Aliados brasileiros do Anonymous invadem sites da inteligência norte-americanaO fim de semana foi marcado por ataques de aliados brasileiros da organização hacktivista Anonymous aos sites da Secretaria de Inteligência dos Estados Unidos e do Departamento de Justiça norte-americano. O Havittaja, um dos grupos que seguem a ideologia do Anonymous, assumiu a autoria dos ciberataques por meio de seu perfil no Twitter, com quase 19 mil seguidores. A mensagem de comemoração foi em tom bem humorado: “Brasil samba na cara da CIA”.

O primeiro alvo dos hackers, no fim do último domingo (15), foi o site da Prefeitura de Belém do Pará. O grupo que diz “não aceitar corrupção” iniciou um ataque nos moldes tradicionais do Anonymous, ou seja, por DDOS (negação de serviço dos servidores, que ficam sobrecarregados), e tirou a página do ar por algumas horas. Com o objetivo alcançado, os membros do Havittaja, então, elegeram um novo, e teoricamente mais complicado, alvo: o site oficial da CIA (Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos).

A ação foi rápida e eficaz, ganhando notoriedade em todo o mundo rapidamente. Diversos veículos de imprensa noticiaram o ciberataque e colocaram o grupo em evidência. Outros hackers festejaram o ataque e elogiaram os brasileiros nas redes sociais.

Esta queda no serviço da CIA durou pouco mais de 1 hora e meia. Mas a “festa” dos hackers ainda estava longe de acabar: “Vamos começar de novo pelo LULZ”, anunciaram no Twitter. A próxima vítima foi o Departamento de Justiça dos EUA. Mais uma vez, missão cumprida.

Esta é a primeira vez que um grupo de fora dos Estados Unidos confirma a autoria de um ciberataque contra páginas de órgãos do país. Além disso, outros seguem em andamento nesta segunda-feira (16). Tudo faz parte de uma campanha lançada no Twitter pelo #FreeAnonsWorldWide, que segue a ideologia do Anonymous. Eles pedem que hacktivistas do grupo, que foram presos em diversos países, sejam soltos.

Fonte: TechTudo