BYOD: Sete dicas para evitar o vazamento de informações

BYOD: Sete dicas para evitar o vazamento de informações O movimento do BYOD (Bring Your Own Device) se consolida e os gestores de TI buscam criar políticas que garantam a segurança dos dados corporativos. “A grande preocupação das empresas deve ser em relação à falta de controle dos equipamentos que estão conectados à rede corporativa, o que pode facilitar o vazamento de informações e diversos problemas relacionados à segurança”, afirma Camillo Di Jorge, Country Manager da ESET Brasil.

“No entanto, o BYOD é uma tendência sem volta e que pode trazer, inclusive, diversos benefícios às organizações, como o aumento da produtividade dos profissionais e a redução de custos operacionais. Assim, em vez de proibir o uso de equipamentos pessoais no ambiente de trabalho, as organizações precisam criar regras adequadas”, complementa. De acordo com um recente levantamento realizado pela ESET América Latina, os dispositivos mais usados no trabalho são notebooks (82%), smartphones (55%) e tablets (25%).

Veja as dicas de segurança para BYOD feitas pelos especialistas da ESET:

  • Utilize sistemas de autenticação que permitam identificar todos os acessos – quem acessa e que tipo de informação – às redes corporativas
  • Configure corretamente o acesso às conexões WiFi, por exemplo, com o uso de VPN (Rede Particular Virtual), a fim de garantir a segurança das informações
  • Gerencie as regras, para que o acesso total às informações só seja permitido àqueles usuários que realmente estão habilitados.
  • Monitore e controle o tráfego de todos os dispositivos pessoais que acessam a rede corporativa
  • Analise os equipamentos mais usados no mercado para avaliar quais são mais adequados, ou não, para acessar as informações da empresa.
  • Crie uma politica de segurança que esclareça quais dispositivos podem conectar-se à rede corporativa e de que forma o acesso pode ser feito.
  • Para garantir que nenhum código malicioso afete os dados, todos os dispositivos móveis pessoais devem contar com soluções de segurança, que detectem proativamente ameaças; e
  • Invista na educação dos funcionários, para que os mesmos estejam conscientes dos riscos a que estão expostos e quais são os cuidados que devem ter ao levar equipamentos pessoais para a companhia.

Fonte: Convergência digital