takl

taklUma falha no Google Talk na manhã desta quinta-feira, 26/9, fez com que mensagens instantâneas fossem enviadas para os usuários errados no serviço, o que poderia causar muitos problemas de privacidade para os usuários.

Por meio da sua página Apps Tatus, a gigante de buscas já reconheceu o problema e disse ter solucionado o bug. No entanto, de acordo com mensagens publicadas no Twitter e em fóruns pelos usuários afetados pela falha, o problema parece ter durado bastante tempo, por volta de cinco horas.

As informações no site Apps Status do Google, que mostra o funcionamento dos aplicativos da empresa, apenas apontam que o Google Talk não estava “funcionando corretamente”.

Ainda não está claro quantas pessoas foram afetadas pela falha nem quantas mensagens instantâneas foram entregues erroneamente.

Procurada para comentar o assunto, uma porta-voxz do Google disse que houve “um problema” que afetou “algumas pessoas usando os serviços de mensagens instantâneas do Google”, mas não forneceu mais detalhes sobre o extensão do bug.

“Desde que soubemos, identificamos o problemas, fizemos com que parasse de ocorrer, e estamos aplicando uma solução no momento. Sentimos muito por qualquer um que tenha sido afetado pelo problema”, afirmou a porta-voz da empresa.

Atualmente, o Google está no processo de migrar seus vários serviços de mensagens instantâneas e vídeo/áudio para um novo chamado Hangouts, que vai substituir Google Chat, Google Talk e Google Plus Messenger.

Segundo bug na semana

Um problema na última segunda-feira, 23/9, fez com que as mensagens no Gmail fossem enviadas com atraso. De acordo com a empresa, uma falha “rara” causou o bug que afetou quase 50% dos usuários do serviço e demorou cerca de 10 horas para ser consertado.

Fonte: www.iidgnow.uol.com.br