titulo

titulo

De acordo com o jornal alemão Der Spiegel a Agência Alemã de Inteligência BND (Bundesnachrichtendienst) teria espionado o Primeiro Ministro de Israel por anos.

O Gabinete do Primeiro Ministro Benjamin Netanyahu seria um dos principais alvos das ações de espionagem, mas não limitado a Israel, as atividades da Inteligência Alemã também visaram o Ministro Britânico de Defesa, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEC), o Fundo Monetário Internacional (IMF), e os Ministros do Interior da Aústria e da Bélgica.

Em suas ações o BND realizou coleta de emails, telefonemas e faxes das embaixadas e dos consulados pertencentes aos EUA, Reino Unido, França, Suécia, Espanha e outros países. O Gabinete do Primeiro Ministro se recusou a comentar a notícia, afirma o jornal. Essas revelações seguem as de novembro de 2015, quando a revista Der Spiegel reportou que o BND sistematicamente tem espionado aliados e diversas organizações internacionais, e enfatiza que diversas organizações americanas, que incluem a NASA, o Departamento de Estado Americano, a Força Aérea Americana e os diplomatas americanos sediados na Europa estão entre os espionados. O jornal ressalta que embora a espionagem e o Serviço Secreto Alemão estejam em grande atividade, ao mesmo tempo eles cessaram o compartilhamento com a contra parte aliada americana, a NSA.

fonte: http://securityaffairs.co/wordpress/45942/intelligence/german-intelligence-spied-netanyahu.html