titulo

titulo

A dupla Anonymous e LulzSec Itália hackearam diversos sites de busca de emprego e vazaram algumas informações online, cerca de 1.8 milhões de dados de usuários comprometidos.

Os hackers anunciaram o vazamento no sábado, dia 9 de abril, como parte de uma nova operação chamada #NessunDorma, que traduzida do italiano significa “Ninguém Dorme”.

O Anonymous e o LulzSec Itália exigem melhores condições de trabalho. Os dois grupos iniciaram as operações como uma maneira de aumentar alerta sobre corporações atuantes na Itália. Os primeiros passos da camapanha foram aumentar alerta sobre as condições complicadas do país para trabalhadores locais e estrangeiros. Os hacktivistas estão insatisfeitos com Giuliano Poletti, Ministro do Trabalho e Políticas Sociais, e com Matteo Renzi, o Primeiro Ministro da Itália, que estão preparando novas leis para beneficiar corporações mais do que a força de trabalho da Itália.

Os hackers estão demandando um salário mínimo de 8 euros por hora e plano de saúde mandatório para trabalhadores italianos contratados como temporários. A dupla clama ter em posse 4 milhões de registros, dos quais 1.8 milhões são dados de usuários, que totalizam 1.5 GB. Eles também alegam possuir meio milhão de avaliações de candidatos a emprego e sete mil dados de contato das maiores companhias atuantes na Itália. Algumas informações pertencem as agências de emprego italianas, e outras não.

fonte: http://news.softpedia.com/news/anonymous-resumes-operations-in-italy-with-new-massive-hack-502778.shtml